A moleza tá acabando

Por em 3 de junho de 2019

Para quem investe, os juros no Brasil estão caindo muito. Na semana passada, as taxas dos títulos públicos do Tesouro Direto chegaram  às mínimas históricas. E continuam caindo.

Nesta segunda-feira, se você quiser fazer um investimento por cinco anos em renda fixa comprando um título público com vencimento em 2024,  vai conseguir uma rentabilidade (real, mas bruta) de 3,68% ao ano. Ou seja, investindo R$ 1.000,00 hoje, daqui a cinco anos você vai ter um valor para comprar mais ou menos o que R$ 1.141,00 compram hoje (já descontando o imposto de renda). Se você tivesse feito  o mesmo investimento há um ano, seus R$ 1.000,00 virariam aproximadamente R$ 1.208,00 em cinco anos, também em termos reais e líquidos. Há cinco anos, R$ 1.250,00; há 10, R$ 1.287,00.

Pensando em poupança de mais longo prazo, a dinâmica de queda é até mais acentuada. Se você quiser fazer um investimento por 26 anos em renda fixa colocando R$ 1.000,00 hoje em um título público com vencimento em 2045, lá na frente você vai ter um valor para comprar mais ou menos o que R$ 2.089,00 compram hoje. Se você fizesse o mesmo investimento de 26 anos há um ano, seus R$ 1.000,00 virariam aproximadamente R$ 3.107,00. Há cinco anos, R$ 3.862,00; há dez, R$ 4.150.

Se essa toada continuar, vai acabar a molezinha de conseguir poupar para a aposentadoria sem correr algum risco de curto prazo, ou seja, sem ter de investir no setor produtivo via Bolsa de Valores. Com juros reais de longo prazo em patamares mais civilizados, vai ser impossível manter o padrão de vida lá na frente investindo só em ativos livres de risco. Isso será ótimo para o país. O nosso setor produtivo agradecerá. A ver.

 

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!

Mande uma mensagem pra gente e receba nosso conteúdo no seu celular: (11) 99435-0365

Mais Postagens

VER TUDO

Receba nossas atualizações em primeira mão

Se você gosta do nosso conteúdo, inscreva-se e não perca nenhuma novidade.