As nossas fatias – o PIB e a Bolsa

Por em 6 de maio de 2019

Se dividirmos o PIB do Brasil pelo PIB do mundo em um dado ano, vamos saber o tamanho da nossa fatia na produção mundial daquele período. Ou seja, conheceremos nossa contribuição para a produção mundial.  Se dividirmos o valor total das empresas brasileiras listadas em Bolsa pelo valor total das empresas listadas em todas as bolsas do mundo, vamos saber o tamanho da nossa fatia no mercado de capitais global. Essas duas fatias deveriam ser bem parecidas. Mas não são. A nossa fatia da Bolsa é consistentemente menor do que a nossa fatia do PIB. E o que isso significa? Pode significar duas coisas mutuamente não excludentes.

Uma possibilidade é que nossas empresas têm uma propensão de abrir capital menor do que a de uma empresa típica do resto do mundo.  Isso viria de alguma ineficiência do nosso mercado de capitais. Outra possibilidade é que nossas empresas valem pouco dada a quantidade que produzem. Isso viria de uma expectativa constante de menor crescimento de nossas empresas ou ainda do fato de que os investidores talvez apliquem uma taxa de desconto maior ao avaliarem as empresas por estas bandas (por causa de maior risco e/ou maior taxa de juros). Ou seja, só coisa ruim.

O gráfico abaixo mostra esse triste cenário. Os dados de capitalização de mercado e PIB são do Banco Mundial.  A linha vermelha mostra a nossa fatia no PIB global. A linha preta mostra a nossa fatia no valor de mercado das empresas de capital aberto. Apenas no final da década de 2000 as duas fatias ficaram com tamanhos parecidos. Ali parecia que o Brasil decolaria…

E como as nossas barrinhas cinzas se comparam com as dos nossos vizinhos? Nada bem. A média das barrinhas cinzas da Argentina entre 2010 e 2017 é 0,6%. Ou seja, mesmo o mercado de capitais dos hermanos, que estão em crise há um bom tempo, está melhor que o nosso. Chile, Colômbia e Peru estão bem melhores. Nesse mesmo período entre 2010 a 2017, as fatias de seus mercados de capitais no mercado de capital global são muito parecidas com suas fatias de produto, isto é, suas barrinhas cinzas ficam perto de zero.

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!

Mande uma mensagem pra gente e receba nosso conteúdo no seu celular: (11) 99435-0365

 

Mais Postagens

VER TUDO

Receba nossas atualizações em primeira mão

Se você gosta do nosso conteúdo, inscreva-se e não perca nenhuma novidade.