GRÁFICO DA SEMANA: Quando a Bolsa sobe, o dólar cai? Por quê?

Por em 11 de junho de 2019

Nos dias em que o mercado financeiro vai bem, a Bolsa sobe e o dólar fica mais barato. Nos dias ruins, acontece o contrário. O gráfico abaixo mostra a correlação entre as duas variáveis, com base nos dados diários de variação da Bolsa e do dólar. Cada ponto representa um dia. O eixo horizontal informa a variação no dólar observada naquele dia; o eixo vertical, a variação da Bolsa.

Utilizamos dados de mais de 1.200 dias, entre junho de 2014 e junho de 2019. A linha azul escura é a reta que melhor se aproxima da nuvem de pontos. Note que ela é descendente, o que indica que há uma correlação negativa entre as variáveis. Nos dias em que o dólar sobe, a Bolsa tende a cair; nos dias em que a Bolsa sobe, o dólar tende a ficar mais barato.

A correlação entre as variáveis é forte, haja vista que a reta se aproxima relativamente bem dos dados. Para entender mais sobre correlação entre variáveis, veja aqui.

O que pode explicar isso?

Boas notícias sobre a economia brasileira motivam investidores a colocar dinheiro no país e, em particular, nas nossas empresas – o que incentiva a compra de ações das companhias listadas na Bolsa. O preço dessas ações então sobe, levando a uma valorização no índice que agrega as ações na Bovespa. Ou seja, a Bolsa sobe.

E o dólar? Como há uma procura por ativos no Brasil, investidores saem de posições em dólares para posições em reais. A demanda por reais aumenta, promovendo uma valorização da nossa moeda. Consequentemente, o dólar cai.

Nos dias de otimismo, assim, temos uma combinação de dólar caindo e Bolsa subindo.

Já nos dias em que chegam notícias ruins, ocorre o oposto. Cai a perspectiva de lucro das nossas empresas, inclusive a das listadas na Bolsa, reduzindo a demanda pelas suas ações. Consequentemente, caem os preços dessas ações, o que derruba a Bolsa. Essas mesmas más notícias fazem com que investidores queiram sair de ativos em reais para ativos em dólar, levando a uma valorização do dólar frente ao real. Temos, assim, dólar subindo e Bolsa caindo.

Na verdade, esse movimento de capitais não precisa necessariamente ocorrer. Só a expectativa é suficiente para mexer nos preços dos ativos. Veja detalhes aqui.

Apesar da forte correlação negativa entre dólar e Bolsa, essa não é uma regra estrita. Há, sim, dias em que o dólar e a Bolsa sobem, e dias em que ambos caem. Na nossa amostra, em aproximadamente 65% dos dias dólar e Bolsa seguem em direções opostas; nos demais dias eles variam na mesma direção.

Nesses dias, alguma outra variável – para além de notícias sobre a economia brasileira – pode estar mexendo com Bolsa ou dólar. Um exemplo: temos um dia com boas perspectivas para nossas companhias, com expectativa de mais lucro, o que puxa a Bolsa para cima. Mas lá fora ocorreu alguma coisa que fez com que investidores tolerem menos risco (como um ataque terrorista, a eclosão de uma guerra comercial etc.) e partam para alternativas mais seguras, como títulos da dívida americana. Isso provoca uma valorização do dólar em relação à maioria das moedas no mundo – inclusive ao real. Assim, podemos ter Bolsa e dólar subindo no mesmo dia.

Você pode estar se perguntando: o que é aquele pontinho no canto inferior direito, bem afastado na nuvem de pontos? Ele representa 18 de maio de 2017, dia seguinte ao chamado Joesley Day. Nessa data, ficamos sabendo que o presidente Temer havia se reunido com Joesley Batista, do grupo JBS. Temer quase caiu naquela ocasião; daí para frente, pouco fez no que restava de seu mandato além de se defender para permanecer no cargo. Ficou claro, no dia 17, que sua agenda de ajustes e reformas fora por água abaixo. E o mercado reagiu de maneira violenta: ao longo do dia seguinte, a queda na Bolsa e a subida no dólar superaram 8%.

FONTE DOS DADOS: UOL Economia

Dólar (comercial, venda): https://economia.uol.com.br/cotacoes/cambio/dolar-comercial-estados-unidos/

Bolsa: https://economia.uol.com.br/cotacoes/bolsas/bvsp-bovespa/

Para ficar por dentro do que rola no Por Quê?, clique aqui e assine a nossa Newsletter.

Siga a gente no Facebook e Twitter!
Inscreva-se no nosso canal no YouTube!
Curta as nossas fotos no Instagram!

Mande uma mensagem pra gente e receba nosso conteúdo no seu celular: (11) 99435-0365

Mais Postagens

VER TUDO

Receba nossas atualizações em primeira mão

Se você gosta do nosso conteúdo, inscreva-se e não perca nenhuma novidade.